Tomba-Torres

Para isto vamos precisar de um molde de silicone para fazer muffins (uma espécie de queques). Estes moldes também se podem encontrar feitos de teflon anti-aderente – pelo sim pelo não, se usares moldes de teflon besunta um pouco de azeite (ou outra gordura) por toda a superfície onde vai estar resina para que não se cole. Como último recurso podes usar copos de papel ou de plástico PP (os outros derretem-se no processo de cura da resina) e não te preocupes se não conseguires remover depois todo o papel dos Tomba-Torres – energeticamente não faz diferença nenhuma.

Põe algumas folhas de jornal no chão, rasga o saco do lixo e abre-o até este passar a ser uma só superfície. Estende o saco do lixo aberto por cima das folhas de jornal para que faça de toalha – as folhas de jornal servem para o caso do saco de plástico, por qualquer razão, arranjar um buraco. Isto vai ser a tua área de trabalho por isso põe tudo o que precisares em cima do saco. Usa dois sacos lado a lado se for necessário (estes precauções são para evitar acidentes com a resina).

Tem preparadas as limalhas de metal, escolhidos os quartzos, e a resina + endurecedor à mão, preparados para a mistura, assim como um recipiente transparente onde misturar a resina e um objecto longo para a mexer – pode ser um pau ou ramo de árvore, uma colher velha de madeira, etc – para efeitos deste texto vou-lhe chamar “colher”.

Põe um quartzo em cada molde

 

Põe limalhas de metal em cada molde até mais ou menos metade

 

Põe as luvas e a máscara.

Mistura a resina no recipiente de acordo com as instruções da embalagem ou recebidas na loja onde compraste a resina. O endurecedor é normalmente 2-3 por cento no caso da poliéster, e mais ou menos 40% no caso da epóxi (pergunta ao teu fornecedor pelos números exactos).

Para um Tomba-Torres de alumínio vão ser precisos cerca de 80 ml de resina (já com endurecedor) dependendo de quão compacto é o metal que estás a usar e do tamanho do molde.

Mistura a resina com o endurecedor durante 1-2 minutos.

 

Uma vez que lhe apanhes o jeito vais saber mais intuitivamente quando é que já chega de mexer a colher.

Agora tens à volta de 30 minutos antes que comece a endurecer a resina – para informações mais precisas consulta a embalagem ou a loja.

Deita a resina nos moldes até quase até à altura que quiseres fazer os Tomba-Torres e depois usa a colher para mexer o metal na resina e espalhá-la por todos os “cantos”. Neste caso escolhi não usar o molde todo por não ser preciso Tomba-Torres tão grandes (o molde é de 150 ml).

 

Continua a adicionar metal e a empurrá-lo para baixo até que tudo fique bem compacto e não haja muito mais espaço para pôr metal.

 

Normalmente deixa-se uma pequena camada, apenas de resina, no final – no que vai acabar por ser a base do Tomba-Torres. Se houver metal a sair por fora, não te preocupes: o metal é o verdadeiro “motor” da orgonite e quanto mais melhor!

Podes agora remover as luvas e a máscara.

Deixa os Tomba-Torres a curar (se estás num espaço interior, certifica-te de que há boa passagem de ar durante pelo menos as primeiras 3-4 horas). O tempo total de cura não deverá ser superior a 6 horas, mas pelo sim pelo não podes deixá-los nos moldes por um dia inteiro sendo que demora mais tempo com temperaturas baixas – a resina deve ser usada normalmente com temperaturas de 18-25 graus (esta informação está quase certamente na embalagem).

 

Os Tomba-Torres estão prontos.

 

Retira-os dos moldes e põe onde te parecer melhor, oferece aos vizinhos ou mesmo ao mundo! Parece um pouco utópico mas é na verdade uma acção bastante pragmática, uma vez que ao melhorar as coisas para todos estás também a ajudar-te.

Nota: O cheiro da resina curada desaparece completamente ao fim de alguns dias de estar ao ar (devidamente ventilado).

Tudo o que não for para uso posterior ou reciclável pode ser deixado no saco e com este metido no lixo.

Introdução
Como fazer o Tomba-Torres *
Como fazer o Cone
Como fazer o Tubo de Terra
Truques e dicas