Cone

Para o Cone vou usar uma taça de martini. Formas cónicas feitas de papel grosso (uma folha A4 ou A3 enrolada) também servem perfeitamente mas tem em atenção que o papel vai ser difícil ou mesmo impossível de remover. Também podes experimentar usar um funil de plástico com a ponta cortada e fita-cola forte e impermeável a tapar esse buraco. Estas formas cónicas alternativas podem ser postas sobre um copo ou frasco de vidro, para suporte.

Se o molde é em vidro ou metal é melhor besuntares óleo/gordura na superfície do molde onde vai estar resina para ajudar a que esta não se cole ao molde quando endurecer.

 

Um extra com benefícios é a espiral de cobre – embora não seja indispensável, vai fazer o Cone mais forte. O fio de cobre enrolado em forma de espiral conduz a energia da base até ao todo, de onde a energia é então projectada.

 

Para fazer a espiral de cobre precisas de um fio de cobre com cerca de 60-75 centímetros de comprimento e entre 1,2-1,8 mm de espessura. Podes “enrolá-lo” à mão, utilizando um alicate, ou melhor ainda, um molde. O molde torna as coisas mais rápidas, fáceis e, pelo menos comigo, muito mais eficientes. Se uma espiral que fizeste te der a impressão de estar mal feita, não a uses! Tenta endireitar o fio de volta utilizando um tubo ou uma outra superfície cilíndrica e tenta de novo ou simplesmente deita fora.

Todos os passos para fazer um Tomba-Torres aplicam-se também ao Cone, excepto:

Tenta que a ponta da espiral, onde vai ficar o quartzo, fique o mais perto possível da extremidade deste. Tenta também que o quartzo esteja o mais aconchegado e seguro possível na espiral antes de o pores no molde.

 

—–

 

Antes de deitares resina, mete metal à volta da espiral e do quartzo para que fiquem equilibrados e seguros – ficas assim com as duas mãos livres.

 

—–

 

Se é um Cone de limalhas de cobre em formas espirais (tal como nas imagens)…

Continua a adicionar metal, em pequenas quantidades para não se emaranharem todos juntos. Adiciona igualmente por todos os lados, dentro e à volta da espiral de cobre até que estejam a 1-2 cm do topo do molde.

Deixa esta parte livre de metal e começa então a deitar resina pelo meio até chegares ao topo do molde e não couber mais – estas limalhas deixam espaço suficiente entre elas para que a resina se infiltre facilmente e preencha todo o espaço que é necessário, tornando este passo bastante fácil e rápido.

 

Se é um Cone de limalhas de metal mais compactas e uniformes como as usadas no tutorial anterior…

Adiciona um pouco de resina e tenta que chegue a todo o lado.

Usa a colher e move o metal para que a resina chegue ao fundo do molde. Continua durante o processo a vigiar que a espiral e o quartzo se mantenham mais ou menos na vertical, centrados e apoiados no fundo do molde.

Repete o processo de adicionar metal e resina, empurrando o metal para baixo com a colher até que chegue o metal à distância de 1-2 cm do topo. Deixa esta parte livre de metal e adiciona então resina até encher o molde.

 

—–

Já a finalizar, é ideal se a ponta da espiral de cobre ficar um pouco por fora da resina, ou bem no limite.

Introdução
Como fazer o Tomba-Torres
Como fazer o Cone *
Como fazer o Tubo de Terra
Truques e dicas