Como usar

Aqui estão algumas sugestões para usar orgonite. Por favor tenha em conta que esta lista não é de todo exaustiva. Sabendo que a orgonite converte energia negativa em positiva, é muito fácil encontrar-lhe mais usos.

Onde aplicar a orgonite:

* Por baixo da cama para dormir melhor.

* Fixada ao cano da água para a revitalizar. Também pode fazer ou comprar um “prato” de orgonite para carregar de boa energia a comida e água colocada por cima, por exemplo.

* No frigorífico e fruteira para actuar sobre a comida – prove a diferença.

* Perto de electrodomésticos como a TV ou o micro-ondas para contrariar o EMF e outros tipos de radiação. Também há “botões” de orgonite para colar ao telemóvel.

* No jardim ou terra de cultivo para que as plantas e flores cresçam melhor e mais saudáveis. Tal é o sucesso da orgonite na agricultura do Quénia que já é conhecida como “mbolea” – “adubo” em swahili.

* Na água. Os efeitos da orgonite são multiplicados pela água (água=vida) e os rios são perfeitos para isto pois carregam a energia positiva na corrente durante vários quilómetros.

* Para ficar com uma casa bem orgonizada, coloque uma peça do tamanho de um Tomba-Torres em cada divisão. Pode substituir por peças maiores para tornar a energia ainda melhor.

* Leve a orgonite consigo, em pendente ou outro formato. A orgonite muda o seu campo energético e ao usá-la constantemente vai ter um maior benefício.

* Em qualquer lugar que você e a sua família visitem com regularidade, tal como o local de trabalho, a escola, o supermercado, etc.

 

Gifting – distribui a orgonite pelo Mundo

“Gifting” é o acto de aplicar orgonite num local onde a energia esteja doente e estagnada com o objectivo de a transformar em energia vibrante e cheia de vida.

Esta actividade tem mais sucesso se for executada nas próprias fontes de energia negativa, como as antenas da rede móvel. Pode parecer incrível mas essas antenas emitem enormes quantidades de energia negativa, e como estão por todo o lado é um grande serviço que presta à sua comunidade se aplicar orgonite nas antenas do seu bairro ou aldeia… ou quem sabe um pouco mais 😉

Tanto as antenas da rede móvel como outras fontes de energia negativa encontram-se muitas vezes situadas sobre as linhas energéticas do planeta (linhas ley/telúricas) e outros locais com importância espiritual/etérica. Assim, conseguem potenciar a sua produção de energia negativa. O funcionamente dessa tecnologia da morte está organizado mas é uma coisa artificial e não comparável à sinergia de diferentes orgonites, que mesmo quando espalhadas por distâncias grandes parecem conseguir potenciar os seus efeitos.

A reversão de energia negativa para positiva acontece depois de uma quantidade adequada de orgonite ser posta suficientemente próxima do problema.

Normalmente 1 Tomba-Torres chega para reverter uma antena da rede móvel de tamanho “normal”.

O alcance máximo do Tomba-Torres anda perto dos 400 metros mas mesmo assim é raro ter de aplicar a orgonite a mais de 200. Quando é preciso maior alcance pode usar-se mais Tomba-Torres, se o alvo não estiver muito mais longe. O Cone/Pirâmide, cujo alcance mínimo é de 1,5 Km, também é uma boa opção.

Dentro de água a orgonite tem mais alcance e é com sucesso que se larga Tomba-Torres ao longo de rios e mares, 1 a cada quilómetro para um alcance de 500 metros.

Se a antena for maior, mais carregada, por exemplo se houver grande quantidade de painéis (aquelas estruturas brancas verticais), aí é preciso mais orgonite. Se estiver na dúvida, mais vale deixar um Tomba-Torres mais e ficar descansado, pelo menos até vir um 5G ou 6G e eles fazerem o “upgrade”.

Às vezes deparamo-nos com estas “antenas de montanha” e aí não é raro largar um bom número de Tomba-Torres.

Quando se encontra um grande número de alvos de uma só vez, podemos calcular quantas antenas individuais estão e se estão muito carregadas ou não, mas no final vamos recorrer também à intuição.

 

Confie na intuição

Para saber melhor quando, onde e quanta orgonite giftar, confie na intuição. É a melhor fonte de informação que tem, mesmo que por vezes não seja fácil de a escutar. Há várias técnicas para desenvolver essa capacidade, algumas das quais se encontram aqui.

Também gostava de recomendar que observem os efeitos do vosso gifting nas horas/dias/meses seguintes. Não só pode ser encorajador ver a influência directa das nossas acções pessoais, mas a observação sistemática também serve para nos ensinar como devemos afinar o nosso gifting e aplicar orgonite onde ela ainda é precisa.

Não se restrinja a alvos à superfície e use Tubos de Terra quando achar apropriado fazê-lo.

 

Sugestões de locais a giftar

O sofrimento humano é usado como alimento para que os Parasitas deste mundo possam manter a sua estrutura de poder e gerar mais caos. Se lhes retirarmos o alimento eles não vão poder mais fazer-nos mal e essas estruturas que mantêm o mundo prisioneiro vão eventualmente dissolver-se.

Antenas da rede móvel – as antenas que alegadamente apenas providenciam as comunicações móveis produzem muita energia negativa. Para uma torre/mastro comum basta 1 Tomba-Torres. Se estiver muito “carregada” de antenas é melhor usar mais orgonite.

Antenas de rádio e TV – algumas destas antenas são muito grandes, frequentemente com mais de 75 metros de altura, e emitem sinais em várias bandas do espectro. Muitas vezes estão carregadas com outro armamento radiónico. Serão necessários vários Tomba-Torres, dependendo da quantidade de aparelhos nocivos que estão instalados.

Radares meteorológicos (radomes) – são radares grandes, em formato esférico e normalmente brancos. Emboram sejam usados para fins meteorológicos, fazem parte (juntamente com as antenas da rede móvel e outros dispositivos) da rede tecnológica que provoca alterações artificiais na atmosfera, também conhecida como HAARP. Bastam poucos Tomba-Torres para desactivar os seus efeitos negativos.

Linhas de alta tensão – há uma probabilidade muito maior de contrair o cancro para quem vive ao pé destas linhas. Se vir casas ao pé de linhas de alta tensão e deixar lá um Tomba-Torres, vai estar a ajudar essas pessoas.

Esquadras de polícia – muitos polícias estão mais preocupados com as suas quotas e a imagem que têm junto dos media do que realmente na protecção do cidadão comum. Colocar orgonite perto das esquadras também poderá ter efeitos interessantes sobre os seus elementos mais corruptos 😉

Bases militares – não são apenas centros de lavagem cerebral para um culto da morte mas têm também muitas delas componentes subterrâneas. Essas instalações subterrâneas – que se estendem por vezes por quilómetros e também se encontram com frequência no meio de parques naturais e outras áreas protegidas – contêm tecnologia electrónica e radiónica que pode ser desactivada com Tubos de Terra. Aplica alguns Tomba-Torres para as coisas à superfície.

Tribunais – é através destes e dos processos que por lá passam (ou não) que o “cidadão comum” vê muitas vezes confirmada como a lei não é igual para todos. Obviamente, os juízes advogados e políticos conhecem-se todos muito bem – às vezes até parece a máfia. Colocar orgonite em ou ao pé de tribunais vai com certeza tornar mais difícil aos parasitas a tarefa de subverter a lei dentro desses edifícios. Fabricar essa orgonite com a adição de uma pedra da verdade como por exemplo lápis-lazúli poderá tornar a orgonite mais eficiente no combate à corrupção.

Lojas maçónicas – o caminho da Humanidade tem sido influenciado por maçons pelo menos nos últimos 200 anos. Embora a maçonaria não seja mais do que um dos grupos que os Parasitas usam, tem conseguido reunir em si uma colecção impressionante de homens influentes e infelizmente crédulos. Giftar esses edifícios com orgonite deverá acelerar a implosão dessas hierarquias e possivelmente abrir os olhos de alguns dos seus membros que ainda têm alguma Consciência.

Bancos – a maneira como criam dinheiro a partir do nada diz-nos muito sobre o estado da nossa civilização e a natureza daqueles que querem ser nossos donos. Os banqueiros sempre foram dos braços principais dos Parasitas, ganhando o controlo de nações soberanas, apodrecendo-as de dentro para fora com dívida fictícia enquanto os seus monarcas ou supostos “eleitos representantes” nos enviavam para guerra atrás de guerra e nos afundavam em dívida cada vez maior. Quase nenhum país hoje em dia emite a sua própria moeda – isto é feito por instituições privadas ou público-privadas geridas por administradores não-eleitos que por sua vez trabalham em prol de accionistas anónimos. Estas instituições corporativas chamam-se “bancos centrais” e o seu controlador – o banco central dos bancos centrais – é o Bank for International Settlements sediado na Suíça. Fazer gifting a bancos pode não os fazer perdoar os empréstimos mas certamente vai melhorar a energia desses lugares e quem sabe até ajudar algumas pessoas de carácter que lá trabalham a denunciar os crimes e a corrupção, como tão frequentemente tem acontecido nos últimos anos.

Escolas – o primeiro passo para a assimilação no passador, onde os miúdos são ensinados aquilo que devem pensar e não como pensar por eles próprios. É a primeira fase na transformação em seres adultos obedientes, trabalhadores, contribuintes e cheios de medo. Eles têm tanta energia e o que lhes pedem é que a reprimam ou canalizem na memorização de “factos” nos quais a maior parte não tem qualquer interesse… não é de admirar que a maior parte das crianças não goste de estudar.

Hospitais – são óbvios locais de morte. Diga-me uma pessoa que goste de hospitais… A energia de muitas pessoas doentes paira como uma névoa. E depois há a própria medicina ocidental, cujo foco é quase exclusivamente nos sintomas e não nas causas das doenças, estando mais interessada em arrendar-lhe um tratamento ao longo de anos do que vender-lhe a cura. As coisas felizmente têm melhorado com o crescimento das medicinas alternativas.

Lar de idosos – há alguma coisa mais triste que um edifício cheio de velhotes? A energia desse lugar não é muito diferente de um hospital.

Prisões – muitos prisioneiros saem de lá pior do que entraram. Há todo o tipo de actividade criminal e violência precisamente nesses lugares que deviam ser os que mais obedecem às leis (pelo menos é a estória que nos contam). Imagine quanta energia negativa não está concentrada em tão pequeno espaço. Nenhuma quantidade de orgonite é demais para as prisões, especialmente porque não é fácil chegar perto dos edifícios.

Igrejas e outros templos – Acho que há coisas boas e más em todas as religiões. Infelizmente o clero tem sido uma ferramenta de opressão e medo ao longo dos séculos. Os templos em si têm formas específicas cujo efeito parece ser parecido com o de antenas, já para não falar que estão sempre colocados em linhas ley (telúricas).

Cemitérios – uma concentração grande de corpos mortos em decomposição. É possível que haja almas ainda presas a este mundo que podem ser libertas com uma simples peça de orgonite. Isto também se aplica a sítios onde morreu gente, por isso se sabe de um homicídio, suicídio ou morte acidental, poderá ajudar muito se fizer gifting nesses locais.

Campos de batalha, massacres, grandes acidentes – qualquer lugar onde morreram muitas pessoas, por vezes centenas ou milhares delas, é um bom lugar para deixar orgonite, mas alguns desses acontecimentos de morte em massa foram mesmo conscientemente executados como ritual de sacrifício humano. Para além de poder haver almas ainda a vaguear nesses sítios, esses tipo de lugar é muitas vezes usado pelos Parasitas como fonte do seu alimento.

Centrais nucleares – produzem uma energia anti-natural, doente e devem ser giftadas com grandes quantidades de orgonite. Por estarem normalmente muito isoladas por detrás de uma vedação poderá ser necessário usar peças maiores, como os Cones.

5 comentários em “Como usar”

  1. Bacana, gostei muito das dicas, exceto de colocar orgonites no frigorificos, carne por si só é um alimento baixo, gerado pelo abuso e sofrimento de outras criaturas, se falamos de criar boas energias jamais deveriamos incluir a carne nisso.

    1. Amanda, agradeço o seu comentário mas não costumo aconselhar sobre o que se deve comer ou deixar de comer – excepto para dizer que os alimentos biológicos fazem muito melhor à saúde do que os industriais, que são de evitar.

  2. Parabéns pelo post, excelentes informações!!!
    Faz muito tempo que pesquiso a respeito e hoje consegui contato com fabricantes aqui no Brasil (Rio Grande do Sul). Sou adepta aos estudos de Wilhelm Reich sobre a orgone e acredito piamente nas orgonites e sua ação extremamente benéfica para toda a humanidade.
    Muito obrigada.
    Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *