Fiz gifting este Domingo ao pé da casa do meu pai, num par de aldeias cheias de estranjeiros ricos – Ulgueira e Atalaias. Nunca tinha visto tanto casarão de portão grande em tão pequeno espaço. As aldeias deram-me uma sensação estranha, especialmente algumas das casas e a área da pequena igreja. Também tive intuições sobre fontes subterrâneas de energia negativa, portanto vou acabar por fazer outra visita – para ver o resultado deste trabalho e para aplicar tubos de metal com orgonite – verdadeiras agulhas de acunpunctura para o nosso planeta, ainda que de muito mais fácil aplicação. As intuições sobre este lugar foram fortes e de interpretação fácil.

A única torre estava bastante carregada de antenas em comparação com o tamanho da população local e 15 segundos depois de aplicar a orgonite, levantou-se um vento bom e que se manteve até me ir embora. O renovado fluir da energia previamente estagnada. Quando voltei a passar nas aldeias a energia sentia-se melhor, ainda que houve um lugar que pedia mais orgonite, mas não era lugar para deixar o cone, a única orgonite que restava.

À saída deixei o cone ao pé de uma casa que me deu uma sensação estranha. Mais adiante no mesmo caminho estava um dos portões de uma enorme propriedade. Tinha a palavra Kéops escrita com spray. 15 minutos depois enquanto procurava o caminho de casa, olho para trás e vejo uma águia.

Passei por alguns caminhos maravilhosos, portanto foi uma acção em espírito de “turismo de gifting”. Devo ter andado umas 4 horas e meia, para cima e para baixo naqueles montes ahah! Pelo caminho também reforcei o gifting de um par de torres. Estou contente por conhecer a área desta maneira. No entanto, mais longe que isto e vai ter de ser de carro.

Havia algum smog castanho ao longe, na direcção de uma área com antenas que penso ainda não terem sido tratadas com orgonite. Um alvo para mais tarde.

Ulgueira e Atalaias
Tagged on:         

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *